Loolady

thoughts of a Lady almost in her 40s

quinta-feira, dezembro 30, 2004

Agora Sim!

Feliz Ano Novo!
Cheio de boas imagens!



quinta-feira, dezembro 23, 2004

Feliz Natal


quarta-feira, dezembro 08, 2004

Urgente

A Laura tem estado doente. Febre e mais febre.
Na segunda feira, perante os 39º decidi ir à urgência pediátrica que, agora, só existe no Hospital de S.João, estamos a falar do Porto. Penso que em Lisboa também concentraram as urgências de pediatria no Hospital da Estefânia, mas não sei bem.
Quando vim embora, já com o diagnóstico de uma virose e a indicação para ficar com atenção aos sintomas nas próximas 48horas ,só pensava no dinheiro que foi gasto nos estádios de futebol.
É que não estão bem a ver! Não sei se o Santa Maria em Lisboa, que é uma construção idêntica ao S. João, está tão degradado!
É de meter dó! Mete medo e deprime. o Principal Hospital, da segunda cidade de um país da Europa, faz lembrar o que há de pior nos paises subdesenvolvidos.
Tudo partido, tudo sujo, pessoas a fumar dentro do Hospital... enfim.. só visto!
O dinheiro que foi gasto nos estádios tinha chegado para acabar com hospitais destes em Portugal.
Já para não falar nos nossos impostos que vão para não sei o quê.
Para onde vão os filhos dos ministros e dos grandes empresários quando têm febre alta? Não vão de certeza para estas urgências...

sábado, dezembro 04, 2004

os ecrãns e os bébés

Será que as outras mães têm o mesmo problema?
A Laura tem quase dois anos e adora ver filmes na televisão e sites para crianças. A atracção pelos ecrãns é óbvia. No entanto têm sido publicados diversos estudos sobre o efeito do visionamento prolongado de imagens em ecrãns, nas crianças que advertem para a sua perigosidade. Será assim tão perigoso? Ou serão apenas os hábitos a mudar?

sexta-feira, dezembro 03, 2004

Mais de Mim

Só para dizer que tenho mais de mim no endereço:
http://www.flickr.com/people/56438888@N00/

quarta-feira, dezembro 01, 2004

Tricotadeiras

Voltei.
Se calhar vai ser aos poucos... mas agora regresso um pouco mais animada por saber que o presidente desta república acordou.
Estive em Lisboa no fim de semana e visitei a bebé mix na Casa dos Dias da Água.
Era bom que eles pudessem arranjar aquela casa e continuar a desenvolver os projectos que têm vindo a apresentar.
Mas venho aqui hoje para falar de outro fenómeno que me está a impressionar:As Tricotadeiras.
Até já fizeram uma reportagem no telejornal sobre as miúdas! já conhecia alguns blogs relacionados, mas desta vez, na Casa dos Dias da Água, lá estavam elas em pessoa. A tricotar! sempre a tricotar!
Será que no verão também vão continuar? Sim, concerteza deve haver novelos de linhas mais frescas.
Eu simpatizo com elas! Não estou a desfazer nas catraias. Lembram-me a minha mãe. A minha querida mãe passava a vida a tricotar, camisolas lindas para nós todos e para os primos e ponchos e gorros e cachecóis.
Mas os encontros... e o não pararem de falar naquilo... dá um ar um bocado neurótico à coisa. A minha mãe não parava de tricotar, mas não falava naquilo. Não há nada a dizer sobre tricotar. É como comer pastilha elástica e passar o tempo a falar nisso, como se fazem bolas.. que tipo de pastilhas há.. etc.
Não sei se estou a pensar bem no fenómeno mas, assim de repente, é este o comentário que me merece.